Volumes das exchanges de Maio de 2022

INTRODUÇÃO

Este relatório apresenta um resumo dos dados de VOLUME de operações de compra e venda de Bitcoin (BTC) coletados das API disponibilizadas pelas exchanges de 1 a 31/05/2022. A metodologia utilizada para produzir o relatório tem como objetivo reunir e apresentar os dados de forma organizada, deixando a informação disponível para a análise dos especialistas.

Foram coletadas informações de volume das seguintes exchanges: Alterbank, B2U Pro, Binance, Biscoint, BitCambio, BitcoinToYou, BitcoinTrade, Bitnuvem, bitPreço, Bitrecife, Bitso, Blocktane, BrasilBitcoin, BrasilBitcoin OTC, BULLGAIN, Citcoin, Coinext, CointradeCX, ComprarBitcoin, CryptoMKT, flowBTC, Foxbit, FTX, Liqi, Makes Exchange, MercadoBitcoin, NovaDAX, Nox Bitcoin, P2PTrading, PagCripto, PagCripto OTC, Stonoex, UpCâmbio, Walltime e YouBTrade.


RESULTADOS

As exchanges brasileiras declararam ter movimentado 33.673,53 Bitcoins de 1 a 31/05/2022, que equivale a aproximadamente R$ 5.274.427.157,07 (5,3 Bi). Há 1 ano, a exchange com maior volume tem sido a Binance, que, neste último mês, negociou 17.451,07 Bitcoins. A Binance foi responsável por 51,82% das negociações de Bitcoins no Brasil durante o mês de maio, tendo alcançado, novamente, a maior participação mensal de uma exchange já registrada pelo Cointrader Monitor. A Binance já havia quebrado o recorde de participação no volume de negociações em março e abril. A bitPreço – exchange nacional – teve a segunda maior participação, tendo negociado 15,52% dos Bitcoins no mês de maio.

No período, o dia que registrou a maior movimentação de Bitcoin foi 12/05/2022 com 3.138,17 BTC negociados, o equivalente a R$ 471.549.758,44. E o dia com menor movimentação foi o dia 29/05/2022, com 338,38 BTC (R$ 47.501.173,57). O volume médio diário do mês de maio de 2022 foi de 1.086,24 BTC.

Volumes da exchanges que operam no Brasil em maio de 2022

Em comparação com o mês de Abril (22.079,97 Bitcoin), o volume negociado de Bitcoins em Maio cresceu 52,51%. De forma semelhante, o volume de Reais necessários para realizar a movimentação dessa quantidade de Bitcoins variou positivamente 20,15%.

Em comparação com Maio do ano anterior, o volume movimentado de BTC recuou 35,98%, pois o volume daquele mês foi de 52.595 Bitcoins. Além disso, o volume de Reais necessários para movimentar a quantidade de Bitcoins em Maio de 2022 foi 57,53% menor do que Maio de 2021.

No dia 01/05/2022 o valor do Bitcoin era de R$ 192.410,86 e, no dia 31/05/2022, era de R$ 151.507,91, desvalorizando 21,26% no período.

Preço Bitcoin Brasil em Maio de 2022

ARQUIVO DE APOIO

As informações coletadas foram disponibilizadas em um arquivo OpenOffice que contém 3 planilhas. A primeira apresenta uma tabela com os volumes diários de cada exchange, do dia 01/05/2022 a 31/05/2022. Nesta planilha é possível clicar nas datas da primeira coluna para abrir o navegador padrão na página do “PREÇO BITCOIN BRASIL” na hora 23:59:59 UTC deste mesmo dia. Na segunda planilha há um resumo gráfico do volume diário da primeira planilha. Na terceira planilha há um gráfico diário do “PREÇO BITCOIN BRASIL”. A utilização das informações destes arquivos, para quaisquer fins, somente está autorizada se houver indicação expressa de que a fonte é o “Cointrader Monitor”, através da ferramenta “PREÇO BITCOIN BRASIL”, além do link “https://cointradermonitor.com/preco-bitcoin-brasil”.

0 comentário sobre “Volumes das exchanges de Maio de 2022

  • Gabriel disse:

    Muito toppp os dados que vocês apresentam!! Eu estou curioso para saber o volume de negociações de Ethers, vocês por acaso pretendem estender essas análises para outras coins?

    • Boa noite, Gabriel!
      Agradecemos o reconhecimento. Pretendemos sim estender o acompanhamento e análise para outras moedas. Porém, ainda não temos uma data para anunciar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>